Os Ativos Cosmecêuticos e suas propriedades

Este artigo, baseado no livro Cosmecêuticos da dermatologista norte-americana Zoe Draelos, vem para explicar as propriedades de algumas substâncias presentes nos cosméticos que utilizamos, para que possamos ter um melhor conhecimento na hora da escolha do produto.

São elas:

1- Retinol:

Também conhecido como Vitamina A, é uma forma mais suave do ácido retinóico.Além da ação antioxidante, o retinol acelera a renovação celular, formando células mais saudáveis, sem alterações de DNA, mais ´ntegras e que exercem melhor suas funções, adiando assim o envelhecimento da pele. Um novo estudo da Universidade de Michigan aponta a ção anti-flacidez do retinol: Se utilizado a longo prazo, por cerca de dois anos, é capaz de fixar de vez na pele o colágeno que foi produzido.

2- Ácido Salicílico:

Com ação anti-inflamatória e esfoliante, esta substância continua a ser a mais indicada no combate a cravos e espinhas em estágios leves a moderados. Por ser uma molécula oleosa, penetra facilmente na pele, o que aumenta a eficiência dela. Uma das formas do ácido salicílico, o LHA (lipo-hidroxiacido) é uma nova aposta para tratar o problema e cravos e espinhas.

3-Ácido Kójico:

Entre todos os ativos anti-manchas, o ácido kójico, substância produzida a partir de um cogumelo, tem algumas vantagens sobre outros similares: não é irritante nem fotossensível – ou seja, pode ser utilizado durante o dia sem manchar a pele. ele age inibindo a ação da melanina, clareando a mancha já existente e prevenindo a sua piora. Também pode ser manipulado em conjunto com outros ativos, como o ácido glicólico, que potencializa a sua ação.

4- Vitamina C:

Ela é a queridinha dos dermatologistas por seu desempenho antioxidante (em parceria com a vitamina E) e clareador da pele, pois deixa o rosto mais luminoso. Como é uma molécula muito instável, poucos produtos eram capazes de oferecer este ativo em boa qualidade. Segundo um estudo da universidade de Duke (EUA), a vitamina C pura, encontrada sob o nome de ácido L-ascórbico com concentração de 5% a 20% é a forma mais eficaz da substância. Para conseguir penetrar na pele, deve estar contida num veículo de pH ácido como o sérum.

Além das vitaminas C e E existem outros antioxidantes como phloretin, coffee berry, reserveratrol, entre outros, utilizados para frear a reação em cadeia dos radicais livres, que causam o envelhecimento precoce, especialmente em mulheres que tomam muito sol, fumam ou têm má alimentação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CommentLuv badge