Escolas de Yoga – Qual delas escolher?

Para quem se interesa em fazer Yoga, a primeira coisa que você deve verificar é a linha de Yoga praticada na Academia ou Escola de Yoga na qual você pretende frequentar.

Se por tipos entendermos as linhagens, existem quatro, que são completamente diferentes entre si: o Yôga Pré-Clássico, o Clássico, o Medieval e o Contemporâneo.

Se por tipos entendermos os ramos, então são 108 reconhecidos e mais algumas centenas de ramos derivados.

Atulamente, existem algumas modalidades que são mais praticadas nas academias e escolas de  Yoga no Brasil. Vamos citar algumas delas para que você tenha uma idéia do que encontrará no tipo de Yoga que você deseja praticar.

Quando for conhecer a sua escola de Yoga, pergunte sobre a linha que ela segue para tr uma idéia do tipo de ênfase dada aos exercícios durante a prática. Isso é muito importante para que você entenda o que vai aprender e como irá trabalhar o seu corpo ao longo do ano.

Veja abaixo uma tabela com algumas das linhas praticadas atualmente:

Abháva Yoga Conceito encontrado nos Puranas; é o yoga do não-ser, ou a prática yogue superior de imersão no Si Mesmo sem nenhum apoio,como um mantra.
Adhyátma Yoga É o Yoga do ser íntimo; muitos dizem ser este o Yoga característico das Upanishads.
Agni Yoga O Yoga do fogo, que provoca o despertar do poder da kundaliní por meio da ação conjunta da mente e da força vital (prána).
Ashtanga Yoga O Yoga dos oito membros codificado por Patañjali. Também é chamado de Raja Yoga, Patañjala Yoga ou Yoga Clássico.
Asparsha Yoga Yoga da intangibilidade ou do “não-contato”, o Yoga não dualista exposto por Gaupada no Mandukya Karika.
Bhakti Yoga O Yoga devocional. A tônica é a devoção. Utiliza mais mantra e pújá que as outras modalidades de Yôga.
Buddhi Yoga O yoga da mente superior,mencionado pela primeira vez no Bhagavad Gita.
Dhyána Yoga Yoga da meditação.
Ghatastha Yoga Yoga do “jarro” (ghata), que significa corpo; sinônimo do Hatha Yoga, como mencionado no Gheranda Samhita.
Guru Yoga Yoga relativo ao mestre, fundamental em quase todas as formas de yoga.
Hatha Yoga Yoga da força ou do vigor (relativo ao poder de kundaliní shakti). Modalidade que consiste em técnicas corporais, respiratórios e relaxamento.
Hiranyagarbha Yoga O yoga de Hiranyagarbha, considerado o fundador da tradição yogue.
Japa Yoga O yoga da recitação de mantras.
Jñana Yoga O yoga da sabedoria discriminativa, que é o ponto de vista das Upanishads. Dá mais ênfase à busca do autoconhecimento pela via da meditação.
Karma Yoga Yoga da ação auto-transcendente, ensinada pela primeira vez de modo explícito na Bhagavad Gita. Ensina como agir na vida e no mundo para estar de acordo com a lei do karma.
Kaula Yoga O yoga da escola Kaula, um tipo de Yoga tântrico.
Kriya Yoga Yoga do ritual e também a prática conjunta da ascese, do estudo e da adoração do Senhor mencionada no Yoga Sutra de Patañjali.
Kundaliní Yoga O Yoga do poder da kundaliní, que é fundamental para toda a tradição tântrica, inclusive o Hatha Yoga.
Lambika Yoga O Yoga da úvula que é deliberadamente estimulada nesta técnica yogue para aumentar o fluxo do ‘néctar’ (amrita), cujo aspecto externo é a saliva.
Laya Yoga O yoga da reabsorção ou dissolução dos elementos sutis antes da dissolução natural que vem com a morte.
Maha Yoga O grande yoga, conceito encontrado no Yoga Shikha Upanishad, onde se refere à prática conjunta de Mantra Yoga, Laya Yoga, Raja Yoga e Hatha Yoga.
Mantra Yoga Yoga dos sons sagrados que ajudam a proteger a mente; faz parte da tradição yogue desde os tempos védicos.
Náda Yoga Yoga do som interior, prática estreitamente ligada ao Hatha Yoga tradicional.
Pancadashanga Yoga Yoga dos quinze membros;
Pashupata Yoga Yoga da seita de Pashupata, exposta em alguns Puranas.
Patañjala Yoga Yoga de Patañjali, conhecida como Raja Yoga ou Yoga darshana.
Purna Yoga Yoga da totalidade ou integração, é o nome do Yoga Integral de Sri Aurobindo.
Raja Yoga O Yoga de Patañjali. Possui um número maior de técnicas mentais do que outras modalidades de Yôga
Samádhi Yoga Yoga do êxtase.
Sámkhya Yoga Yoga da intuição, que dá nome a certas doutrinas e escolas de libertação mencionadas no Mahábhárata.
Samnyása Yoga Yoga da renuncia ao mundo, contraposta ao KarmaYoga.
Samputa Yoga Yoga da união sexual (maithuna) no Tantra Yoga.
Samrambha Yoga Yoga do ódio mencionada no Vishnu Purana, que ilustra o profundo princípio yogue de que a pessoa se torna aquilo que ela contempla constantemente.
Saptanga Yoga O Yoga dos sete membros descrito no Gheranda Samhita.
Shadanga Yoga Yoga de seis membros exposto no Maitrayaniya Upanishad.
Siddha Yoga Yoga dos adeptos, conceito encontrado em alguns Tantras.
Sparsha Yoga Yoga do contato. De origem védica é mencionado no Shiva Purana, que associa a recitação de mantras ao controle da respiração.
Suddha Rája Yoga É uma vertente do Rája Yôga, que inclui mantras e rituais.
Swasthya Yoga Yoga Pré-Clássico. Swásthya significa auto-suficiência, saúde, bem-estar, conforto, satisfação.
Tantra Yoga O Yoga dos Tantras está baseado no despertar do poder da Kundaliní.
Taraka Yoga Yoga do “Libertador”, um yoga medieval baseado em certos fenômenos luminosos.
Yantra Yoga Yoga da concentração da mente em formas geométricas (yantra) do cosmos.
Yoga Integral Trata-se de uma modalidade contemporânea, que propõe a incorporação da filosofia do Yôga à vida cotidiana.

Fonte: FEUERSTEIN, G.; DEROSE, A.

2 thoughts on “Escolas de Yoga – Qual delas escolher?

  • 25 de fevereiro de 2016 at 15:53
    Permalink

    Excelentes dicas ajuda e muito na escolha do tipo de yoga para praticar, esse tipo de informação não é facil de encontrar.

    Muito bom o blog e o artigo parabéns.

    Reply
  • 11 de dezembro de 2016 at 17:34
    Permalink

    Me ajudou muito, comecei com a yoga tradicional mas não me identifiquei, talvez eu dê certo com a Haja Yoga.

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CommentLuv badge